16° SEMINÁRIO TÉCNICO DA SUINOCULTURA: Agroceres PIC e Cooper A1 realizaram mais uma edição do seminário

16° SEMINÁRIO TÉCNICO DA SUINOCULTURA: Agroceres PIC e Cooper A1 realizaram mais uma edição do seminário
“A experiência de anos em trabalho com a atividade da suinocultura, permite que mesmo em tempos de crises, a Cooperativa A1 consiga se manter”, desta forma o presidente da Cooper A1, engenheiro agrônomo Elio Casarin deu início ao 16º Seminário Técnico da Suinocultura, Agroceres PIC Cooper A1. Tradicionalmente realizado no fim do ano, o encontro aconteceu no município de Tunápolis, SC, na terça-feira (4/12), no Eventos Park, cerca de 200 cooperados e colaboradores fizeram-se presentes.

O seminário é um dos principais eventos da atividade da suinocultura, momento de disseminação e troca de conhecimento. O Brasil atualmente mantém o posto de principal produtor da América Latina, assim a importância de discutir sobre o Panorama da Suinocultura Mundial torna-se relevante, o diretor superintendente da Agroceres PIC, Alexandre Furtado da Rosa palestrou acerca do assunto.

Como forma de incentivo aos produtores, foram apresentados Cases de Sucesso na Cooper A1, organizados pelo Coordenador Técnico da Suinocultura Carlos Dal Piva e equipe técnica da cooperativa. Foram abordados a importância da entrega regular dos leitões e como elevar o peso dos leitões ao desmame. O gerente da atividade de suinocultura, Paulo Costacurta retratou sobre as Oportunidades no Sistema de Produção. Logo após, os destaques de 2018 foram premiados.

Eficiência na atividade

Em 2006, Casarin foi até os Estados Unidos para uma visita a PIC, naquele momento, segundo o presidente, havia o questionamento se Santa Catarina teria condições de alcançar grandes resultados na atividade: “Garanti a eles que teríamos sim condições para alcançar os mesmos resultados, e hoje, mais de dez anos depois, estamos em um bom nível, caminhando sempre em direção a excelência”.

O presidente ressaltou ainda que é necessário trabalhar com planejamento, economizar para que em anos de crise seja possível manter a atividade. Segundo Casarin, aqueles que conseguem organizar a propriedade desta forma, irão perpetuar seu trabalho. Exemplos disso, foram os destaques da atividade de 2018, entre os suinocultores da Cooper A1, cinco foram premiados pela eficiência de um negócio bem executado.

Em primeiro lugar, Granja Osmar Spironello; em segundo lugar, André Balmer, atendido pelo técnico, Maicon Tortora; em terceiro lugar, Adalípio Luis Lambrecht, técnico Cléo Marcos Verdi; em quarto lugar, José Sartori, técnico Maicon Tortora; em quinto lugar, o produtor Jiovane Paulo Arcontti, atendido pelo técnico Rodrigo Ros.

Ouça o depoimento de André e Maurício Spironello, primeiros colocados em eficiência:

Homenagens aos 85 anos

2018 foi o ano que marcou a Cooper A1 pelas comemorações dos 85 anos, as parceiras da instituição prestaram homenagens pela trajetória de trabalho e cooperação, durante a Agroceres não foi diferente. O presidente Elio Casarin recebeu das mãos do diretor superintendente da Agroceres uma placa em homenagem, e uma escultura feita especialmente pelo artista plástico, José Carlos Soati especialmente para a data.

Além disso, o Diretor Comercial da Nutrifarma, Pedro Mattei entregou ao presidente um quebra-cabeça emoldurado, simbolizando todas as pessoas que juntas, nestes 85 anos formaram uma cooperativa sólida e unida.