Atenção à sanidade agropecuária é prioridade para 2013, diz ministro

Os principais temas a seremfocados este ano pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento(Mapa) foram apresentados pelo ministro Mendes Ribeiro Filho nestaquarta-feira, durante o Encontro Nacional com Novos Prefeitos e Prefeitas, queacontece em Brasília.

Uma das prioridades é ampliar onúmero de estados e municípios que fazem parte do Sistema Unificado de Atençãoà Sanidade Agropecuária (Suasa), que torna os processos de fiscalizaçãorealizados por estados e municípios equivalentes ao serviço federal para produtosque circulam dentro do país.

“A participação de estados emunicípios é voluntária, por isso a importância dos prefeitos terem maiorconhecimento sobre o tema. O Governo Federal como um todo está empenhado nacapacitação técnica de agentes e na destinação de recursos para ampliar osistema”, afirmou o ministro.

De acordo com Mendes, serãodestinados cerca de R$ 96 milhões em 2013 para a ampliação do Sistema, atéagora aderido por Distrito Federal, Rio Grande do Sul, Paraná, Minas Gerais eBahia, além de sete municípios e dois consórcios (que representam juntos maisde 20 cidades). Além destes, Santa Catarina assinou um protocolo paraimplantação de um projeto piloto e outros 15 estados e 50 municípios estão emprocesso de adesão.

Outro foco este ano refere-se àarmazenagem de grãos, a partir da criação do Plano Nacional de Armazenagem.Segundo Mendes, estão previstas duas grandes ações. A primeira é a construçãode 100 unidades armazenadoras em seis anos, aumentando em 4,27 milhões detoneladas a capacidade brasileira de estocagem. “Já a outra iniciativa será acriação de um programa de financiamento que atenderá a iniciativa privada,envolvendo obras, equipamentos e a melhoria do parque armazenador jáexistente”, destacou.

A regionalização das políticasvoltadas ao setor agrícola, empreendidas pelo Mapa, além do fomento à produçãosustentável também estão entre as prioridades da pasta em 2013. Durante oevento com prefeitos de todo o país, representantes da Secretaria deDesenvolvimento Agropecuário e Cooperativismo (SDC) do Mapa orientaramautoridades municipais sobre os processos para avaliação e aprovação de convêniose contratos de repasse.

 Fonte: Assessoria

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.