AURORA DIZ QUE VAI ELIMINAR GAIOLAS DE GESTAÇÃO DE SUÍNOS

6 de janeiro de 2016

A Cooperativa Aurora Alimentos anunciou que vai eliminar o uso de gaiolas de gestação de suínos, considerada uma prática contrária ao bem estar animal. A transição para o processo de baias coletivas começa já em 2016 e deve estar concluída até 2026 em todas as suas unidades. “Referido prazo se apresenta como necessário, em razão da característica de produção apresentada pelo sistema cooperativo, tratando-se de pequenos produtores rurais que utilizam, essencialmente, mão de obra familiar. Por conta de tal condição, o sistema apresenta limitação em sua capacidade de investimento, sendo necessário encontrar-se o ponto de equilíbrio, sob a pena de se colocar em risco a viabilidade desta atividade produtiva, o que poderia gerar, inegavelmente, um colapso social”, diz o comunicado. A iniciativa foi elogiada por organizações não governamentais que atuam na defesa do bem estar animal. Em nota, a Humane Society International (HSI) destaca que o uso de gaiolas de gestação foi proibido em regiões como a União Europeia e alguns estados norte-americanos. Menciona também que a mesma prática tem sido adotada por diversas empresas, algumas delas líderes globais de mercado. Com relação à Aurora, a HSI avalia como mais uma mensagem à indústria brasileira de que o futuro da produção suína é sem o uso de gaiolas de gestação. Ressalta apenas que “encoraja” a cooperativa a realizar a transição em um tempo menor que o previsto. “Estamos felizes em ver a Aurora se unir a um número crescente de produtores de suínos e empresas de varejo que estão eliminando o confinamento contínuo de porcas em gaiolas no Brasil. Isso manda uma clara mensagem à indústria nacional: o futuro da produção será livre de gaiolas de gestação. Esperamos trabalhar com outros produtores e empresas alimentícias em políticas similares”, diz a gerente sênior de campanhas da HSI, Carolina Galvani. Outra mudança importante ocorrida no período da análise e que tem forte repercussão sobre a produtividade é o deslocamento espacial das atividades agrícolas. De acordo com o Gasques, os grandes municípios produtores de grãos deslocaram-se do Sul e Sudeste para regiões como o Centro-Oeste, parte do Norte e Nordeste, onde há possibilidade de cultivos em amplas áreas.Fonte: Revista da Suinocultura

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.