JOVENS RURAIS: capacitando o futuro quadro social da Cooper A1

JOVENS RURAIS: capacitando o futuro quadro social da Cooper A1
Formar jovens sucessores rurais preparados para os desafios da agropecuária e ligados ao cooperativismo. Esse é um dos objetivos da Cooper A1 com o Núcleo Jovem A1, que na sexta-feira, dia 26/10, se reuniu para mais uma atividade de capacitação.  O curso, de oito horas, orientou os jovens na compreensão e desenvolvimento de competências pessoais para planejar e gerir os recursos financeiros e conhecer as técnicas de planejamento e gestão pessoal.

“Vocês são o alicerce da cooperativa” disse o presidente da Cooper A1, Elio Casarin durante o curso. Segundo o presidente, estes momentos de capacitação com os jovens são importantes pois, a tendência para o futuro é a quantidade de cooperados diminuir, permanecendo no campo pessoas cada vez mais profissionalizadas e com conhecimento sólido em gestão. Ele afirmou, ainda, que é papel da Cooper A1 oportunizar esse conhecimento ao quadro social, em especial aos jovens, que têm o desafio de administrar propriedades rurais cada vez mais produtivas, eficientes e sustentáveis.

O curso foi ministrado pelo instrutor Ervino Augusto Voigt e, segundo ele, existe um aspecto cultural de dificuldade no processo de sucessão familiar causado principalmente, pelo conflito de gerações. “Treinamentos como estes empoderam o jovem a mostrar ao patriarca da família que está preparado para compartilhar a situação financeira e gerencial e, aos poucos, assumir os negócios”.

Depoimento dos jovens

“O encontro foi de fundamental importância, pois contribuiu muito para o desenvolvimento pessoal e profissional. Certamente irei aplicar os conhecimentos adquiridos em minha empresa rural”, disse a participante, Fabiane Stein.

Fabiane ressaltou ainda que é preciso gastar menos e poupar mais, reservando parte da renda para investir: “O planejamento financeiro é fundamental para qualquer pessoa ter sucesso em sua vida”.

Já Mariel Arnholdt, comentou sobre a preocupação dos projetos sociais da cooperativa:  “vem se destacando com a qualidade de ensino transmitido para os jovens que se posicionam a favor do cooperativismo, na qual entendem a importância da cooperação para a sociedade”.

“O projeto vem com intuito de melhorar o desenvolvimento em um todo a cooperativa, com comprometimento em fornecer conhecimento para seus atuais e futuros sócios”, disse o jovem participante. Fomentou ainda sobre o curso: “provoca novos interesses e curiosidades sobre gestão da propriedade, através da importância da saúde financeira em nosso dia a dia”.

Andressa Lamb, da linha Diamantina, comentou sobre a importância do núcleo: “Posso afirmar que esse curso prepara os jovens, deixando-os mais conscientes sobre a responsabilidade em transformar o mundo em um lugar melhor, e que isso começa pela sua família, propriedade e comunidade”.