PAPO DE NUTRI: Alimentação e hipertensão.

25 de abril de 2018
PAPO DE NUTRI: Alimentação e hipertensão.

No dia 26 de abril comemora-se o dia nacional de prevenção e combate a Hipertensão Arterial, e a definição de Hipertensão Arterial ou usualmente chamada de pressão alta, é ter a pressão arterial, sistematicamente, igual ou maior que 14 por 9 (Soc. Bras. de Hipertensão).

A pressão se eleva por vários motivos, mas principalmente porque os vasos nos quais o sangue circula se contraem.

O coração e os vasos podem ser comparados a uma torneira aberta ligada a vários esguichos. Se fecharmos a ponta dos esguichos a pressão lá dentro aumenta. O mesmo ocorre quando o coração bombeia o sangue. Se os vasos são estreitados a pressão sobe (Soc. Bras. de Hipertensão).

Tanto em aspectos de prevenção quanto de tratamento da hipertensão o estilo de vida e a alimentação são fatores determinantes.

As recomendações aos hipertensos diferem pouco das recomendações para uma vida saudável, buscando sempre:
Basear a alimentação em produtos in natura ou minimamente processados,
Utilizar ervas aromáticas naturais e temperos como alho, cebola e pimentão para o preparo dos alimentos,
Monitorar o consumo de sódio dos alimentos industrializados,
Consumir frutas, verdura e legumes diariamente,
Manter o corpo ativo adotando um estilo saudável de vida,

Ainda falando sobre os vegetais, cientistas descobriram que aumentar o consumo de alimentos que são fontes naturais de potássio pode ajudar a controlar os níveis de pressão arterial. Desta forma, o consumo de frutas e vegetais, naturalmente ricos em potássio, está associado à diminuição da pressão arterial. É importante lembrar que esses alimentos não são apenas fontes de potássio, mas fornecem também outros nutrientes, tais como o magnésio, cálcio, além da fibra alimentar. Esses outros nutrientes também são importantes reguladores da pressão arterial, razão pela qual o potássio pode não ser a única explicação desse efeito. Os cientistas também descobriram que o impacto do aumento a ingestão das frutas e vegetais no dia a dia é ainda maior se esse fizer parte de uma alimentação equilibrada, rica em grãos e cereais integrais e pobre em gordura saturada. Esses achados foram importantes porque mostraram que a diminuição do consumo de sódio na alimentação não é a única forma de prevenção e controle da hipertensão (Sociedade Brasileira de Hipertensão)

Alimentos como abacate, espinafre, tomate, milho espiga, frutas secas, banana, mamão , espinafre e iogurte são boas fontes de potássio. Substituir o sal iodado pelo sal light também é uma das formas de aumentar o consumo de potássio e reduzir o consumo de sódio.

Embora o sódio seja um dos agentes causadores da elevação da pressão arterial esse não deve ser o único nutriente a ser cuidado na alimentação, manter bons hábitos alimentares e um estilo de vida ativo vão garantir a qualidade de vida tanto para quem é hipertenso como para prevenir essa patologia.