REUNIÕES DE AVALIAÇÃO 2017: Ciclo de encontros com cooperados entra na reta final

REUNIÕES DE AVALIAÇÃO 2017:  Ciclo de encontros com cooperados entra na reta final

A Cooper A1 completou a quinta semana das Reuniões de Avaliação 2017. Os encontros foram realizados de 31/07 a 04/08, em Caibi, Belmonte, Santa Helena, Itapiranga, e São João do Oeste, respectivamente. A ação, que iniciou no dia 10 de julho, já envolveu 16 unidades e 3.748 pessoas, entre cooperados e familiares. As últimas reuniões serão em Descanso, na terça-feira, dia 08/08 e em Palmitos, na quarta, dia 09/08.

Caibi – Caibi abriu, na segunda-feira, dia 31/07, a quinta semana de reuniões. A unidade que conta com 529 cooperados e 62 colaboradores diretos, está desenvolvendo as atividades há pouco mais de oito meses no novo prédio da unidade, inaugurado em outubro do ano passado.

Nas atividades de varejo, todas apresentaram crescimento, com destaque para o supermercado, que evoluiu 42,6% se comparado a janeiro a junho do ano passado. Posto de Combustíveis e Loja Agropecuária, cresceram 3,2% e 6,4% respectivamente.

Na suinocultura crescimento de 11% com 43,1 mil cabeças de suínos recebidas. Aves manteve praticamente a mesma produção 1,4 milhão de cabeças em seis meses. A produção de leite, teve uma pequena retração 6,4% a menos que no mesmo período do ano passado, com 2,7 milhões de litros de leite.

Belmonte – Em Belmonte, a reunião foi no dia 1º de agosto. Com 317 cooperados, a unidade conta com 21 colaboradores entre a unidade do centro e de Bela União.  Na atividade de supermercado crescimento de 9,6 % na unidade de Belmonte.

Em relação aos suínos, crescimento de 27% na produção, já a avicultura, em virtude da mesma quantidade de cotas, manteve a basicamente a mesma produção do ano passado. Na atividade do leite, o volume entregue caiu significativamente, sendo que até junho de 2017, foram produzidos 47,7 mil litros.

Santa Helena – Em Santa Helena, a reunião foi no dia 02/07 e reuniu 188 pessoas. A unidade da Cooper A1 no município, conta 229 cooperados e 17 colaboradores diretos. Tanto no supermercado como na loja agropecuária, o crescimento em vendas, até junho de 2017, foi significativo, de 11% e 12,7%, respectivamente.

A atividade de suinocultura deu um grande salto de produção se comparado ao mesmo período do ano passado, com 76% de crescimento, representando 6,7 mil cabeças. Em compensação, a atividade de avicultura teve um retrocesso, com apenas 59, 8 mil cabeças de aves entregues nos seis meses do ano, 33% a menos que o mesmo período do ano passado.

Mas, o grande salto em produção e entrega está na atividade do leite, com 137,4 mil litros de leite.

Itapiranga – Na quinta-feira, dia 03/07, quase 300 cooperados de Itapiranga se reuniram para a reunião de avaliação. A unidade conta com 121 colaboradores diretos, entre administrativo, supermercado, loja agropecuária, posto de combustíveis, armazém e fábrica de rações. Já o número de cooperados se encontra em 600 pessoas.

Nas atividades de varejo, o supermercado cresceu 7,7% se comparado de janeiro a junho do ano passado, seguido da loja agropecuária, que teve incremento de 2,2% nas vendas. Já o posto de combustíveis manteve o mesmo volume de vendas neste primeiro semestre de 2017, se comparado ao mesmo período do ano passado.

A atividade de suinocultura, teve um bom incremente de produção, com 13% de crescimento. Tanto fábrica de rações como, recebimento de leite, mantiveram a produção estável.

São João do Oeste – Na sexta-feira, dia 04/08, a reunião foi em São João do Oeste, com a presença de 278 cooperados e familiares. Até junho, a unidade contabilizava 506 cooperados, e 58 colaboradores, incluído a filial na comunidade de Cristo Rei.

No supermercado, registrado o ótimo crescimento de 13,2% na cidade e 16% em Cristo Rei. Loja agropecuária também efetivou aumento de 5,8 e quase 11% na cidade e em Cristo Rei, respectivamente.

Na suinocultura, o recebimento foi acima da meta, com 25, 5 mil cabeças entregues e crescimento de 18% se comparado de janeiro a junho do ano passado. O bom desempenho também é registado na atividade de leite. Na segunda filial da Cooper A1 com maior volume de produção de leite, os cooperados entregaram, em seis meses, 4,7 milhões de litros, crescendo 9,79% no período.