TERCEIRA TURMA DO RIO GRANDE DO SUL CONCLUIU O PROGRAMA ESCOLA A1 DO LEITE

TERCEIRA TURMA DO RIO GRANDE DO SUL CONCLUIU O PROGRAMA ESCOLA A1 DO LEITE

Totalizando um incremento médio de produção de 20,7 mil litros/mês, os 34 formandos da fase I do programa Escola A1 do Leite receberam seus certificados de formação na manhã desta sexta-feira (11/01), no município de Erval Seco, Rio Grande do Sul.

Participaram do programa famílias de Alpestre, Planalto, Pinheirinho do Vale, Redentora, Vicente Dutra e Braga. A médica veterinária e responsável pelo programa Escola A1 do Leire, no Rio Grande do Sul, Jaqueline Gaspary Alves, coordenou e auxiliou os produtores para alcançar o crescimento e desenvolver competências na atividade, como comentou a formanda Lurdes Manica:

O programa é um projeto de formação do quadro social, lançado pela Cooperativa A1 em 2015. O projeto chamou os cooperados de bovinocultura de leite para participarem de um curso modular, projeto esse, idealizado e desenvolvido pela equipe técnica da atividade de leite da cooperativa.

A turma que concluiu a fase I do programa, é a terceira a se formar no estado. Os produtores que finalizaram o curso participaram de nove módulos, e desenvolveram suas propriedades através das técnicas recebidas pelo Escola A1.

Oportunidade de desenvolvimento

Jaqueline Alves, é médica veterinária da Cooperativa Central Aurora Alimentos, e atende os cooperados da Cooperativa A1 no Rio Grande do Sul. Para ela, a atividade funciona sim, através da assistência técnica de qualidade, mas também com o empenho e dedicação dos produtores.

“Como cooperativa, procuramos fazer com que as pessoas tenham renda em suas propriedades, e temos vários projetos dentro da atividade leiteira para auxiliá-los. A gente pede que vocês não parem por aí, continuem estudando e dando sequência para a atividade”, reforçou o gerente da atividade de leite, Gilnei Caumo.

O projeto é uma aposta da Cooper A1 para que seus cooperados possam investir e gerir a propriedade com mais segurança, o estudo proporciona isso. Selvino Giesel, gerente da política leiteira da Aurora, comentou sobre a oportunidade de especialização:  “Na vinda eu escutei uma música que dizia que um produtor é tão doutor quanto um médico, vocês estão dando um passo para administrar a atividade de vocês, se especializando, isso que importa”.

Selvino comentou ainda sobre o projeto de melhoramento genético, parceria entre a Cooper A1 e a Aurora. “Fizemos esse investimento, e hoje temos um projeto se desenvolvendo, é o único no Brasil, é algo que a gente faz, e ninguém mais faz pelos seus produtores de leite”.

E para finalizar, o presidente da Cooperativa A1, engenheiro agrônomo Elio Casarin comentou sobre a assistência técnica: “Eu valorizo bastante a assistência técnica, nós como cooperativa precisamos desenvolver cada vez mais os nossos agricultores, o objetivo de uma cooperativa é ver crescer e se desenvolver junto dos nossos associados”.

Turmas em andamento

Além da turma que concluiu o curso, em Santa Catarina mais aproximadamente 60 famílias estão com o Escola A1 do Leite em andamento. São 10 turmas no estado, que cursam as fases I e II do programa, e irão se formar em junho deste ano.

Eduarda Fernandes dos Santos

Comunicação e Marketing Cooper A1

Tel: (49) 3647-9052 | Cel: (49) 9 9152-5045

E-mails: comunicacao.jornalismo@coopera1.com.br